Páginas

domingo, novembro 18, 2018

Mickey Mouse, roedor ícone do planeta, faz 90 anos



Neste domingo,18,  Mickey Mouse, criação do ilustrador Walt Disney, o rato que se tornaria a marca de um império mundial de entretenimento, completa 90 anos. 

O roedor mais ícone do planeta,  cuja silhueta é formada simplesmente de um grande círculo e dois círculos menores que servem como orelhas, foi lançado  na carreira com “O Vapor de Willie” no Colony, em Nova Iorque, em 18 de novembro de 1928. 

Em “O Vapor de Willie” em preto e branco de oito minutos, Mickey Mouse pilota um barco a vapor e diverte a passageira - sua paixonite-, Minnie Mouse ao tornar os animais a bordo instrumentos musicais.

Mickey Mouse, chamado pela Walt Disney de seu embaixador global, também estrelou o filme animado “Fantasia”, aclamado pela crítica, de 1942. Ele lançaria a série de TV “O Clube do Mickey” nos anos 50.

Para marcar o aniversário, a Disney abriu uma exposição em Manhattan com arte original, cenários para fotos e, claro, produtos comemorativos. A exibição vai até 10 de fevereiro.

Afinal,ele chaega aos 90 anos como um marco não é para qualquer um, especialmente para um roedor, cuja previsão de duração era de três anos, isso para empresa Teminix,  de controle de pragas. 

terça-feira, novembro 13, 2018

Exposição sobre relações de Bergman com Argentina

Exposição que apresenta toda influência do renomado cineasta sueco Ingmar Bergman na Argentina foi inaugurada na noite de domingo, integrando  o Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata, também marca os 100 anos de nascimento do diretor. 
Foto: Bengt Wanselius

Mesmo que Bergman, ganhador de três prêmios Oscar pelos filmes “A Fonte da Donzela”, “Através de um Espelho” e “Fanny e Alexander”, nunca tenha pisado na Argentina, o diretor desenvolveu uma relação próxima com o público local, influenciando o cinema, teatro, a psicanálise, a luta contra a censura e a forma de pensar argentina.

O Museu Casa Castagnino de Mar del Plata inaugurou a exposição de 25 cartazes de quando os filmes de Bergman (1918-2007) estrearam no país e apresentou o livro “100 Bergman. Ingmar Bergman en Argentina”, que contém artigos de críticos e historiadores do cinema atual, além de ilustrações.

Segundo o pesquisador   Raúl Manrupe, a mostra foi montada para o festival, mas coincidiu com o centenário de nascimento de Ingmar. A exposição começou no ano passado com o projeto do livro para homenageá-lo.

Na verdade, o cineasta sueco nunca esteve na Argentina, porém, à distância, mantinha uma relação com o público portenho.  A mostra tem o apoio da embaixada da Suécia, do Instituto Nacional do Cinema e das Artes Audiovisuais argentino, além da Secretaria de Cultura e do festival de Mar del Plata. 

sexta-feira, novembro 09, 2018

Esboços do roteiro de “O Mágico de Oz” vai a leilão

Esboços do roteiro do aclamado filme “O Mágico de Oz” e outras memorabilia dos arquivos da película de 1939, serão leiloados em dezembro e tem previsão de arrecadar perto de 1,2 milhão de dólares.

A casa de leilões Profiles in History, que fica em Los Angeles, USA, informou  nesta quinta-feira,8, que se no total são quatro esboços de roteiro manuscritos de Noel Langley que foram postos à venda.

Noel Langley morreu em 1980, foi um  dos roteiristas que desenvolveram a adaptação cinematográfica do livro infantil de L. Frank Baum, que alçou a jovem atriz Judy Garland para o estrelato mundial além do filme ter se tornado um dos classicos mais duradouro no cinema mundial.  

 Os  roteiros originais de Langley - os três primeiros-,  escritos por volta de 5 de abril e 14 de maio de 1938, estarão à venda  juntamente com um quarto esboço, de autoria de Edgar Allan Woolf e Florence Ryerson. Também um quinto esboço creditado a Langley datado de agosto de 1938 participará do leilão.

Dezesseis foto  efeitos especiais, cuja sequência do tornado que transporta Dorothy do Kansas para a terra encantada de Oz, também fazem parte do lote que será leiloado. 

Agora, é só por a mão no bolso e arrematar estas raridades de "O Mágico de Oz", eterno clássico da telona. Francisco Martins  ). 

quarta-feira, novembro 07, 2018

Ator Michael Douglas: Tal pai tal filho


Tal pai tal filho: Ator Michael Douglas repete os passos do pai Kirk e ganha estrela na Calçada da Fama, em Los Angeles 



Michael Douglas celebrou seu 50º ano no mundo do showbusiness na terça-feira,6, gnahando uma estreia na Calçada da Fama de Hollywood próxima à de Kirk Douglas, seu pai, uma das grandes lendas, atualmente com 101 anos. 

Michael Douglas, 74 anos, vencedor do Oscar como o milionário Gordon Gekko em  “Wall Street”, estava acompanhado de seu pai ( que estrelou filmes do porte de “Spartacus” - e da esposa, Catherine Zeta-Jones, uma das mais renomadas atrizes de sua geração, e sua co-estrela no filme “A Síndrome da China”, a atriz Jane Fonda. 

sábado, novembro 03, 2018

Morre produtor e diretor de cinema Pedro Rovai

Morrer nesta quinta-feira (1°), o produtor e diretor Pedro Rovai. Nascido em Ourinhos, interior de São Paulo, Rovai mudou-se para a capital paulista no final dos anos 50.  

Iniciou sua carreira como assistente de direção do filme "São Paulo, Sociedade Anônima", de Luiz Sérgio Person, em 1960. Em 1969, com seu primeiro longa, "Adultério à Brasileira", Rovai ganhou o Prêmio Molière e o Prêmio Governador do Estado de São Paulo.

Rovai, que dirigiu e produziu vários longas e curtas-metragens durante a carreira – além de documentários e peças de teatro – ficou conhecido por mostrar a Amazônia ao público brasileiro, por meio do olhar da índia Tainá. É dele a produção dos longas "Tainá – Uma Aventura na Amazônia" (2000), "Tainá 2 – A Aventura Continua" (2005) e "Tainá – A Origem" (2013).

Rovai lutava contra um câncer e faleceu na madrugada desta quinta (1º). O Ministério da Cultura manifesta sinceros sentimentos de pesar à família, amigos, colegas e admiradores de seu trabalho.